Rádio JOVEM PAN

102.7. Jovem Pan Litoral Norte

Ouvir

Monja Coen compara efeitos do LSD com prática da meditação: “abrem os portais de concepção”

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Monja Coen participa do Pânico; veja fotos

Monja Coen explicou princípios da meditação e ensinou técnica de respiração para equilibrar a ansiedade

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen explicou princípios da meditação e ensinou técnica de respiração para equilibrar a ansiedade

Monja Coen no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen no Pânico

Monja Coen no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen no Pânico

Monja Coen no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen no Pânico

Monja Coen no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen no Pânico

Monja Coen no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen no Pânico

Monja Coen no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Monja Coen no Pânico

Monja Coen explicou princípios da meditação e ensinou técnica de respiração para equilibrar a ansiedade
Monja Coen no Pânico
Monja Coen no Pânico
Monja Coen no Pânico
Monja Coen no Pânico
Monja Coen no Pânico
Monja Coen no Pânico

Cada vez mais procurada, a yoga e outras práticas de meditação prometem uma reconexão com a consciência e com o corpo em sua totalidade. Líder espiritual do Zen Budismo, Monja Coen esteve no Pânico na Rádio nesta quinta-feira (17) e explicou os princípios da meditação, além de comparar seus efeitos aos do LSD.

A monja, que já foi presa pelo uso do ácido, contou a experiência que teve com a droga. “Minha maior pergunta sempre foi quem é Deus e onde ele está e uma vez um líder espiritual me ofereceu LSD para encontrarmos Deus juntos”, lembrou. A experiência, segundo ela, foi diferente: “aconteceram coisas muito estranhas e interessantes ao mesmo tempo”

Somente depois de usar o ácido ela percebeu que o efeito da droga era similar ao proporcionado pela meditação: "eu percebi que as experiências que eu tinha com o LSD não eram necessárias porque respirando conscientemente nós adentramos os portais de concepção, eles se expandem”.

A monja fez uma reassalva, no entanto, para não banalizar o uso de drogas: “se não tiver um bom acompanhamento e propósito, vira bobagem. Porque a mente vai para qualquer lugar e você tem que direcionar para a questão que quer”.

Questionada sobre os efeitos da prática de exercícios físicos, a líder espiritual diferenciou o bem-estar mental proporcionado pelos esportes e o resultado da meditação.

“Exercícios dão um estado de tranquilidade, mas não é a mesma coisa da meditação. A meditação chega nesse estado, mas não pelo mesmo caminho”, falou. Correr, por exemplo, pode ajudar a resolver melhor suas questões porque oxigena melhor o corpo, mas isso é só uma coisa”, disse.

Da mesma forma, no entanto, o corpo deve ser aquecido antes de alguma prática de meditação. Meditar logo depois de acordar pode ser um erro. “Um corpo bem estimulado facilita entrar em silêncio. Se você sai da cama e ainda está sonolento, você pode dormir ao invés de acordar, e a ideia é que você acorde”, explicou.

“Se você quase dormir você não está fazendo nada porque meditar nem sempre é agradável, incomoda. Você revê muitos aspectos sobre você e o mundo”, emendou.

Para equalizar a ansiedade e manter o corpo em equilíbrio, a monja Coen ensinou uma técnica de respiração que pode ser praticada em qualquer lugar e a qualquer momento. Basta endireitar a coluna vertebral, colocar os ombros para trás e para baixo, inspirar profundamente e dar uma pausa antes de soltar o ar pela boca e repetir o processo.

“Se você fizer isso umas 3 vezes você entra em equilíbrio e em presença absoluta”, afirmou.


Tags da Pan

Comentários