Rádio JOVEM PAN

102.7. Jovem Pan Litoral Norte

Ouvir

Regina Volpato explica saída da TV: “cansei de fazer parte de uma máquina que reproduz padrão”

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Regina Volpato participa do Pânico; veja fotos

Regina Volpato lembrou dos anos à frente do

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato lembrou dos anos à frente do "Casos de Família" e a experiência de escrever seu 1º livro

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato lembrou dos anos à frente do "Casos de Família" e a experiência de escrever seu 1º livro
Regina Volpato no Pânico
Regina Volpato no Pânico
Regina Volpato no Pânico
Regina Volpato no Pânico
Regina Volpato no Pânico
Regina Volpato no Pânico
Regina Volpato no Pânico

Regina Volpato conquistou os brasileiros no comando “Casos de Família”, do SBT, mas muito mudou desde que ela deixou o programa em 2009. A apresentadora, que teve outras experiências na TV nos anos seguintes, decidiu abandonar a telinha de vez em 2013 e, no Pânico na Rádio desta quarta-feira (16), ela explicou a decisão.

“Eu dei uma desencanada da televisão porque achei que estava fazendo mais do mesmo. Eu cansei e não estava mais me agradando fazer parte de uma máquina que reproduz padrão e comportamento”, falou.

Regina também se lembrou do estresse que se acumulou durante o período em que apresentou o “Band News”, na Band. “Eu tive um surto psicótico e apresentava as notícias agarrada na bancada”, contou sobre a época em que havia se separado do marido. “Por 3 meses minha rotina era trabalhar e ir para a terapia todos os dias”, disse.

Apesar da insatisfação com a TV hoje, Regina se lembra com carinho dos 6 anos à frente do “Casos de Família”. A apresentadora contou que, frequentemente, perdia o sono de tanto pensar nas situações que apareciam no palco em busca de uma solução.

“Eu não dormia de tanto pensar nos problemas que apareciam”, lembrou. “Fiz mais de mil programas e gravava três por dia. Na sexta-feira eu não dormia com a sensação de ‘dei tudo de mim’”.

Com os anos, Regina admitiu que o trabalho na atração da SBT foi ficando cansativo, motivo pelo qual decidiu se desligar do programa. “Tomei a decisão de mudar a minha carreira meses antes do meu contrato acabar. Percebi que ia me repetir, eu já tinha feito o meu melhor ali”. “Encheu o saco mais ou menos”, disse.

“Eu nunca entendi o ‘Casos’ como o meu programa, o meu público e um reflexou de quem eu sou. Isso é uma bobagem. Não era uma situação permanente, eu estava lá”, completou.

Vida longe da TV

Longe das telinhas, Regina Volpato se encantou por outro tipo de tela: a do computador. A apresentadora criou seu próprio canal no Youtube e a mudança foi tão curiosa que acabou rendendo um livro, o “Mudar Faz Bem”, que será lançado dia 17 de agosto.

“Eu comecei no Youtube despretensiosamente porque estava sentindo falta de exercer a minha profissão e não sabia muito bem como fazer”, disse. “Comecei com o quadro ‘Prazer, sou eu’ em que entrevisto pessoas que não aparecem na mídia, são invisibilizadas por terem menos voz e espaço. Gosto de pensar que posso dar voz com a minha profissão”.

Com o canal, Regina recebeu o convite para escrever um livro. A apresentadora contou que esse momento foi, no mínimo, inusitado: o convite partiu de um fã que falou com ela há 10 anos e, agora, trabalha na Editora Planeta.

“Eu queria ser escritora, mas tinha vergonha”, admitiu Regina, que revelou estar nervosa para o lançamento do livro e afirmou que considera seguir escrevendo. “Estou me sentindo principiante porque eu nunca escrevi antes e gostei. Agora quero que seja uma carreira”, concluiu.

Tags da Pan

Comentários